Sinopse

Três intérpretes dançam entre recordações e imagens de arquivo.
A história de três personagens que só se entendem quando dançam...

Dança é uma espécie de esforço biográfico, em que três intérpretes descrevem no espaço as suas vidas atribuladas, os seus problemas pessoais, a sua incapacidade de se relacionarem entre si, e que morrem em cena.

Em palco assistimos, na verdade, a três "danças da morte".
As personagens, que até podiam ser fantasmas, lutam contra a inevitabilidade da sua própria morte.
Uma tragicomédia dançada.

 

 

Ficha Artística e Técnica

Concepção e Encenação Francisco Campos
Interpretação João de Brito, Leonor Keil e Francisco Campos
Desenho Luz Nuno Patinho
Figurinos Maria Reis Rosa
Grafismo Miguel Rocha
Registo e Edição Rudolfo Pimenta
Produção Catarina Caetano e Inês Pereira
Financiamento Município de Montemor-o-Novo | SEC - Direcção Geral das Artes
Parceria LAMA – Laboratório de Artes e Media do Algarve
Apoio Projecto M | Plansel | Teatro Ibérico | Companhia João Garcia Miguel
Estrutura associada O Espaço do Tempo
Créditos das Fotografias João Catarino | Teatro Ibérico 2017 e Francisco Campos

 

 

Locais dos Espetáculos

1 a 4 de Fevereiro de 2017, Cine-teatro Curvo Semedo (Montemor-o-Novo)
22 a 24 de Março de 2017, Teatro Ibérico (Lisboa)
1 de Fevereiro de 2018, Teatro das Figuras (Faro)

 

 

Galeria