Sinopse

Quatro paredes caiadas, um cheirinho a alecrim e uma promessa de beijos: quem quer casa quer casa? Ou... em casa de ferreiro espeto de pau? E se no conforto do nosso lar recebêssemos dois estranhos? E se esses dois estranhos julgassem que a casa era deles? Habitamus… Uma parábola sobre ocupas exuberantes…

 

 

Ficha Artística e Técnica

Criação e interpretação João de Brito e Leonor Cabral
Uma encomenda do Teatro das Figuras, 2014

Este projecto foi feito em casa de duas famílias e no instituto de apoio à rapariga de Faro.

 

 

Galeria