Sinopse

JBWB–900 são dois homens diferentes, em vários fragmentos que se conhecem e questionam sobre a simplicidade temporal, realçando com um lirismo aquilo que é a repetição do momento. Em que estão, em que estiveram. São o pastoreamento das teorias que nos assolam, quando finalmente encontramos as respostas no dia seguinte, subservientes e cegos ao interminável preenchimento do tempo da vida.

Podem ser amantes.

Podem ser irmãos.

Podem ser actores.

Velhos-jovens.

É o vazio que permite responder.

Existem. Mas o tempo não pára.

Mesmo que eles, façam o papel errado.

 

 

Ficha Artística e Técnica

Texto, encenação e interpretação João de Brito e Wagner Borges
Fotografia Luiz Cláudio Lacerda
Produção LAMA
Apoios Mala Voadora, Teatro dos Alóes, Gato que Ladra, Lisbon Artists. Escola de mulheres.

 

 

Locais dos Espetáculos

1 a 30 de Junho de 2013, no Teatro Rápido (Lisboa)

 

 

Galeria